Variantes da Ômicron são associadas ao aumento de casos de covid-19

O Instituto de Medicina Tropical da Universidade Federal do Rio Grande do Norte detectou dois novos tipos de variantes Ômicron da covid- 19. As amostras foram coletadas em maio, em pessoas que moram em Natal, no Rio Grande do Norte. São as variantes Ômicron BA.5 e Ômicron BA.4.

A pesquisa foi feita com a participação do Laboratório Getúlio Sales Diagnóstico e do Instituto Butantan.

De acordo com Francisco Freire Neto, farmacêutico e bioquímico  do Instituto de Medicina Tropical, essas variantes já foram identificadas em outros locais no Brasil e no mundo, onde estão sendo associadas ao aumento de casos.

O pesquisador Francisco Freire destaca que hoje existem milhares de variantes da covid 19, por isso a Organização Mundial da Saúde criou uma nomenclatura para classificar cada descoberta. São chamadas de variantes de preocupação e variantes de investigação.

No caso das Ômicron BA.5 e Ômicron BA.4 são variantes de investigação, já que não se detectou até o momento um aumento alarmante do número de mortes relacionadas à doença.

Francisco Freire orienta que a população complete o esquema vacinal contra à covid 19, incluindo as doses de reforço recomendadas pelo Ministério da Saúde, para evitar casos graves da doença e até a morte. 

Outra recomendação é não abandonar o uso de máscara em ambientes fechados.
Saúde Brasília 17/06/2022 – 20:24 Sheily Noleto / Beatriz Arcoverde Kariane Costa – Repórter da Rádio Nacional Ômicron covid-19 sexta-feira, 17 Junho, 2022 – 20:24 2:23
Fonte: AGÊNCIA BRASIL – EBC

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: