O Dia Mundial do Doador de Sangue 

O Dia Mundial do Doador de Sangue é comemorado anualmente em 14 de junho.

O objetivo desta data é homenagear a todos os doadores de sangue e conscientizar os não-doadores sobre a importância deste ato, que é responsável pela salvação de milhares de vida.

A data foi criada por iniciativa da Organização Mundial da Saúde (OMS), em 2014, e o dia escolhido é uma homenagem ao nascimento de Karl Landsteiner (14 de junho de 1868 – 26 de junho de 1943), um imunologista austríaco que descobriu o fator Rh e várias diferenças entre os diversos tipos sanguíneos.

Outros fatos de marcaram o dia 14 de junho no Mundo:

14/6/1373 É assinado o mais antigo tratado de aliança entre a Grã-Bretanha e Portugal.

14/6/1775 É criado o Exército dos Estados Unidos.

14/6/1831 Instituída no Brasil uma lei que retira da Regência o poder de dissolver a Câmara.

14/6/1841 Aberto o primeiro parlamento canadense em Kingston.

14/6/1846 Durante a Guerra do México, os colonos americanos capturam território mexicano – o que hoje em dia é a Califórnia. O México cede a região aos Estados Unidos, em 1848.

14/6/1900 Na China, começa uma violenta rebelião contra a presença de estrangeiros no país. O nome deste movimento foi “Punhos Honrados e Harmoniosos” mas é conhecido como a Rebelião Boxer.

14/6/1909 Morre o Presidente do Brasil Afonso Pena. Seu vice, Nilo Peçanha, assume a presidência.

14/6/1923 Na Grã-Bretanha, o adultério masculino passa a ser motivo legal de divórcio.

14/6/1940 Durante a Segunda Guerra Mundial, as tropas alemãs chegam a Paris.

14/6/1940 A Alemanha estabelece Auschwitz, o mais notório campo de extermínio nazista.

14/6/1982 Tropas britânicas recapturaram Porto Stanley, a capital das Ilhas de Malvinas. A Argentina se rende a Grã Bretanha pondo um fim às hostilidades entre as duas nações sobre a questão das Ilhas Malvinas (Falkland Islands).

14/6/1992 O Presidente Fernando Collor de Mello abre no Rio de Janeiro uma conferência ambiental, a “Earth Summit”, promovida pelas Nações Unidas. Delegados de 178 países assinaram a Declaração do Rio que encoraja um desenvolvimento econômico que leve em conta o aspecto ambiental.

14/6/2000 No maior passo pela paz desde o fim da Guerra da Coréia, os líderes da Coréia do Norte e do Sul assinam um acordo prometendo trabalhar pela reconciliação e por uma eventual reunificação.

 
Fonte: REDE JOTA FM

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: