Belo Horizonte volta a exigir uso de máscaras em locais fechados

Em Belo Horizonte, capital de Minas Gerais, volta a ser obrigatório o uso de máscaras em todos os ambientes fechados a partir de hoje. A capital mineira é a primeira do país a retornar a obrigatoriedade por causa do aumento de casos de doenças respiratórias, entre elas, a covid-19. A medida vale até o final de julho, tempo estimado para diminuição da incidência de casos respiratórios em Belo Horizonte. 

Entre a primeira semana de maio e a primeira de junho, a taxa de positividade para doenças respiratórias mais que triplicou na cidade, passando de 6% para 19%, de acordo com os exames realizados na rede municipal.

A incidência de covid-19 também preocupa a Secretaria de Saúde do município. Em cerca de três semanas, o número de novos casos da doença passou de 112 por 100 mil habitantes, para 156 casos confirmados por 100 mil habitantes. 

Segundo a Secretaria de Saúde, os protocolos são revistos diariamente e alterados de acordo com os dados epidemiológicos e baseados em evidências científicas. Outro fator que justifica o retorno das máscaras é que a cobertura vacinal para o público infantil continua abaixo do esperado, 57,1% com a segunda dose.

Assim como Belo Horizonte, outras cidades brasileiras também tornaram obrigatório uso de máscaras em algumas situações específicas. Em Rio das Ostras e em Macaé, no Rio de Janeiro, a necessidade de máscaras, total ou parcial, é válida para locais fechados. Na região nordeste, em São Luís, no Maranhão, o uso de máscara voltou a ser obrigatório nas dependências do poder judiciário. Isso vale também para Maceió, em Alagoas.

 
Saúde São Luís 14/06/2022 – 11:42 Sâmia Mendes/ Marizete Cardoso Gabriel Corrêa – Repórter da Rádio Nacional Máscaras covid-19 locais fechados Belo Horizonte terça-feira, 14 Junho, 2022 – 11:42 1:45
Fonte: AGÊNCIA BRASIL – EBC

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: