Ministério lança iniciativa para mapear práticas de educação na saúde

Uma ferramenta que vai auxiliar no monitoramento da educação em saúde no Brasil foi lançada nesta terça-feira (07), pelo Ministério da Saúde. A ideia é permitir melhor análise do já existente SIMAPES, Sistema de Mapeamento, que agora tem os Painéis Dinâmicos. Com isso, vai ser possível coletar, analisar e disponibilizar informações sobre cursos técnicos e de graduação na área.

Desenvolvidos em parceria com a Universidade Federal de Goiás, os painéis abrangem, inicialmente, os cursos de Medicina, Odontologia e Enfermagem. A plataforma deve mostrar a relação entre a oferta desses cursos e de campos de prática, para a formação de profissionais de saúde. Também deve fornecer dados sobre a capacidade instalada do SUS.

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, criticou a criação, sem critérios, de cursos de medicina, pelo país, sobretudo privados e sem estrutura adequada para o treinamento e a formação dos profissionais. Por isso, ele defende a importância dos dados, para melhor avaliar a distribuição de estruturas e dos cursos.

Queiroga ainda destacou a importância de uma melhor distribuição nas especialidades médicas, a partir da avaliação do SIMAPES. Segundo o ministro, as especialidades escolhidas costumam se concentrar em poucas áreas, deixando o SUS deficitário em outras.

Marcelo Queiroga defendeu que é preciso reavaliar o currículo dos cursos de enfermagem e avaliar a necessidade de fornecer a esses profissionais mais autonomia nos procedimentos em unidades de saúde, como ocorre em outros países.

Criado em 2020, o SIMAPES permite observar a estrutura necessária para melhorias na qualidade dos cursos técnicos e de graduação na saúde; a situação das instalações adequadas para o funcionamento dos cursos; implementar mudanças no currículo, e analisar a aprendizagem dos futuros profissionais.

O SIMAPES está integrado a cinco importantes banco de dados: Ministério da Educação, IBGE, Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde, Contrato Organizativo de Ação Pública de Ensino-Saúde e sistema de atenção básica do SUS, Sistema Único de Saúde.
Saúde Brasília 07/06/2022 – 17:05 Nádia Faggiani / Guilherme Strozi Sayonara Moreno – Repórter da Rádio Nacional Educação saúde simape terça-feira, 7 Junho, 2022 – 17:05 183:00
Fonte: AGÊNCIA BRASIL – EBC

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: