Quantas estradas passaremos?

Nada, ninguém… nenhum obstáculo é capaz de nos fazer parar!!! O que pode nos parar, somos nós mesmos, quando escolhemos não acreditar, quando achamos que a dor maior é ir adiante. Nada acaba até que decidamos que acabou. Muitos obstáculos surgirão, e, uma curva nunca é o fim da estrada, a menos que falhemos na direção!!!

Quantas estradas passaremos?

Precisamos caminhar… é preciso por o pé na estrada, colocar um sonho na alma e fé no coração, sempre haverá a divina luz a nos guiar!!!
Lembrem -se sempre: tudo o que queremos para nós morre quando desistimos!!!

ÓTIMA SEMANA!!!

João Carlos Fernandes Maciel

Nascido em Ponta Porã, de onde sofreu influência forte dos poetas fronteiriços, bem como da sua cultura. Sempre voltado para a música e poesia, por diletantismo. “A música e a poesia são os alimentos da alma!!!”

%d blogueiros gostam disto: