Avião que combatia incêndios na Austrália cai e mata os 3 tripulantes

Um avião C-130 Hercules, de propriedade canadense, caiu enquanto lutava contra os incêndios em uma região montanhosa da Austrália nesta quinta-feira (23), matando os três tripulantes.
As autoridades australianas informaram que as vítimas eram residentes americanos, acrescentando que não sabiam imediatamente por que o avião caiu enquanto carregava uma carga de retardante de fogo.
“Tragicamente, parece não haver sobreviventes como resultado do acidente na área de Snowy Monaro”, disse Shane Fitzsimmons, chefe dos serviços de bombeiros rurais do estado de New South Wales, no sudeste do país.
“(O navio-tanque) impactou fortemente o solo e os relatos iniciais são de que houve uma grande bola de fogo associada ao impacto do avião ao atingir o solo. Não há nenhuma indicação, nesta fase, do que causou o acidente”.
Um porta-voz da Autoridade de Segurança da Aviação Civil da Austrália disse que a aeronave entrou em um vale para derrubar o retardador e não emergiu.
Fitzsimmons disse que o avião foi alugado pela empresa canadense de combate a incêndios Coulson Aviation, que tinha um segundo C-130 Hercules trabalhando na operação de incêndios florestais da Austrália.
Coulson havia aterrado sua grande frota de navios-tanque após o acidente, acrescentou, aguardando uma revisão para descartar qualquer problema sistêmico, como um problema de combustível.
O Australian Transport Safety Bureau informou que estava enviando uma equipe de investigadores ao local do acidente para coletar evidências e analisaria os dados gravados disponíveis, revisaria as informações meteorológicas e entrevistaria quaisquer testemunhas.
A publicação de um relatório preliminar levaria cerca de 30 dias, mas se a investigação revelasse um problema crítico de segurança, notificaria imediatamente as partes interessadas.
Coulson disse que o avião estava em uma missão de bombardeio com uma carga de retardante, e acrescentou que enviaria uma equipe ao local do acidente para ajudar.
“O acidente é relatado como extenso e estamos profundamente tristes por confirmar que houve três fatalidades”, afirmou em um breve comunicado por e-mail.
Fonte: MUNDO

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: