Meteorologista explica que possível ciclone vai potencializar chuvas no ES

Meteorologista explica que possível ciclone vai potencializar chuvas no ES


Em quatro cidades – Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta e Rio Novo do Sul – o governo decretou calamidade pública e pediu ajuda ao Exército. Meteorologista explica impactos de possível ciclone no ES
Após um alerta emitido pela Marinha do Brasil sobre a possibilidade de formação de um ciclone subtropical em alto-mar entre o norte do Rio de Janeiro e o sul do Espírito Santo, o meteorologista Hugo Ramos explicou como esse fenômeno pode atingir os capixabas. De acordo com ele, o ciclone vai potencializar as chuvas que já estavam previstas.
Cidades do Sul do Espírito Santo já foram prejudicadas pela chuva de sexta-feira (17). Em quatro delas – Iconha, Alfredo Chaves, Vargem Alta e Rio Novo do Sul – o governo decretou calamidade pública e pediu ajuda ao Exército.
Casal de idosos conta como sobreviveu após 5 horas em casa alagada
Saiba onde doar para vítimas da chuva no Sul do ES
O meteorologista Hugo Ramos, do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Ruraç (Incaper), disse que, em algumas regiões, a chuva pode ser mais forte.
“Hoje (22) devemos ter chuvas mais localizadas. Em alguns pontos, pode ser de forte intensidade. A partir de amanhã, elas devem ocorrer de forma mais frequente ao longo do dia, alternando a intensidade”, disse.
“De acordo com as simulações atmosféricas, o ciclone deve se formar mais para a noite de amanhã (23). E o papel dele vai se potencializar as chuvas que já vão ocorrer no estado. Já temos a presença de um canal de umidade que vai causar aumento na intensidade das chuvas, ele [ciclone] vai ajudar a organizar toda essa umidade sobre o Espírito Santo e vai manter o tempo chuvoso”, completou Ramos.
Ainda segundo o meteorologista, capixabas de todas as regiões devem se preparar para chuvas fortes. “Em razão do aumento da umidade, que vai vir do leste de Minas Gerais, vai provocar chuvas em todas as regiões do Espírito Santo. Por isso que a gente mantém o aviso para todo o estado. E essa umidade toda vai se organizar no centro do ciclone, onde vai ter uma condição de instabilidade muito maior”, explicou.
O ciclone deve provocar chuvas em todo o Estado, mas a preocupação é maior com a região sul do Espírito Santo, que ainda se recupera do estrago causado por uma tempestade na semana passada.
“As áreas de risco ficam muito mais vulneráveis a essa ocorrência de chuvas intensas, consequentemente, a possibilidade e deslizamentos de terra, de encostas rolamento d pedras passa a ser muito grande”, disse tenente coronel Wagner Borges, do Corpo de Bombeiros.
Os Bombeiros orientam quem mora em áreas de risco. “Às vezes, a casa em uma propriedade rural está muito próxima a encosta e começa a ter desmoronamento em parte da encostas. Você não pode permanecer ali, tem que sair imediatamente, procurar um local seguro e acionar a Defesa Civil do município”, orientou Borges.
Ciclone vai potencializar chuvas previstas para o ES, diz meteorologista
Divulgação/ TV Gazeta
Veja o plantão de últimas notícias do G1 Espírito Santo
Fonte: SAUDE

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: