Protestos no Líbano têm novos confrontos entre policiais e manifestantes


Estima-se que 114 pessoas tenham ficado feridas nos confrontos. Manifestantes protestam contra corrupção e má administração que levaram à pior crise econômica no país em décadas. Manifestante cruza jato d’água lançado por policiais para dispersar protesto em Beirute, no Líbano, neste domingo (19)
Hassan Ammar/AP Photo
Novas cenas de violência tomaram as ruas do centro de Beirute, capital do Líbano, neste domingo (19), quando forças de segurança e manifestantes contrários ao governo voltaram a entrar em confronto em frente ao Parlamento libanês.
De acordo com a Cruz Vermelha e a Defesa Civil do Líbano, ao menos 114 pessoas ficaram feridas nos confrontos. Desses, 47 precisaram de atendimento em hospital. A maioria dos ferimentos, testemunharam repórteres da Associated Press, tinham marcas de balas de borracha.
Manifestante lança chamas a partir de spray contra policiais que cercam o Parlamento do Líbano, em Beirute, neste domingo (19)
Hassan Ammar/AP Photo
O tumulto se intensificou quando alguns manifestantes atiraram pedras e outros objetos contra os policiais. Segundo a agência AP, um grupo chegou a lançar chamas a partir de latas de aerosol. Em seguida, as forças de segurança responderam com bombas de gás lacrimogêneo, canhões de água e tiros com balas de borracha.
Em meio à confusão, um batalhão militar se deslocou até o centro de Beirute, o que interrompeu momentaneamente os confrontos. A chegada dos militares até levou os manifestantes a comemorarem o fim temporário do conflito, mas minutos depois os soldados deixaram a área — e os embates entre policiais e ativistas foram retomados.
Fonte: MUNDO

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: