Bolsas de NY alcançam novos recordes com dados dos EUA e balanços positivos

Bolsas de NY alcançam novos recordes com dados dos EUA e balanços positivos


O Dow Jones chegou aos 29.297,64 pontos, o S&P 500 alcançou os 3.316,81 pontos e o Nasdaq anotou 9.357,13 pontos Os índices acionários de Nova York anotaram novo recorde triplo nesta quinta-feira (16), impulsionados por dados econômicos relativamente positivos e um balanço trimestral sólido do Morgan Stanley.
O Dow Jones fechou em alta de 0,92%, a 29.297,64 pontos, o S&P 500 subiu 0,84%, a 3.316,81 pontos, e o Nasdaq avançou 1,06%, a 9.357,13 pontos. Os três índices renovaram máximas, com o Dow Jones e o S&P 500 fechando o segundo recorde consecutivo.
Wall Street
Lucas Jackson/Reuters
Boa parte do bom humor dos investidores está sendo atribuída ao resultado do Morgan Stanley, que reportou uma alta de 46% nos lucros, na base anual, para US$ 2,2 bilhões, ou US$ 1,30 por ação. O dado superou a expectativa de consenso, que, de acordo com a FactSet, era de lucros de US$ 1,02 por ação. A ação do banco fechou o dia em alta de 6,61%.
Dados econômicos dos EUA, divulgados nesta quinta, também ajudaram a dar suporte ao bom humor dos mercados financeiros. De acordo com o Departamento do Comércio, as vendas no varejo subiram 0,3% na margem e 5,82% na base anual em dezembro. Embora o dado tenha ficado em linha com a expectativa de consenso, os números indicam que o consumidor americano entra em 2020 em boa forma, afastando parte do receio dos investidores com a economia americana e reduzindo a demanda por proteção.
O índice de difusão para a atividade industrial do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) da Filadélfia aumentou quase 15 pontos em janeiro, de uma leitura revisada de 2,4 em dezembro para 17,0
A confiança dos investidores recebeu também suporte da assinatura da primeira fase do acordo comercial entre Estados Unidos e China, que aconteceu na quarta (15), em Washington. Ainda na frente comercial, o Senado americano aprovou, hoje, o Acordo EUA-México-Canadá (USMCA, na sigla em inglês), uma revisão das regras comerciais na América do Norte.
Os ganhos foram amplos em Wall Street, com todos os 11 setores do S&P 500 anotando ganhos na sessão. O setor de tecnologia fechou na ponta positiva do dia, com ganhos de 1,40%, e segue na liderança também no acumulado do ano, com alta de 5,12%.
Fonte: ECONOMI

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: