Caso 737 Max: Boeing havia economizado no treinamento dos pilotos

Documentos obtidos pelo The Verge e entregues ao The New York Times revelaram que os funcionários da Boeing discutiam sobre problemas relacionados com a aeronave 737 Max muito antes dos acidentes que ocorreram em março e outubro de 2019. São mensagens de bate-papos e emails internos que incluem diálogos como este abaixo:

Em outra conversa de 2018, outro funcionário se lamenta com um colega, dizendo: “Deus ainda não me perdoou pelo que acobertei no ano passado”. Esta conversa, provavelmente, ocorreu após um dos acidentes.

Leia mais…

Fonte: Tecmundo

Aqui você pode expressar sua opinião livremente.

%d blogueiros gostam disto: